Avançar para conteúdo

Tudo para WordPress

Plugins, Temas, dicas de WordPress e muito mais para você que busca informação sobre este excelente CMS!

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • RSS
Entenda com funciona Assine nosso RSS

Categorias X Tags: Melhores Práticas de SEO para a ordenação de conteúdo no WordPress

Publicado em 28/12/2010 às 20h39 por Guga Alves

Confuso sobre a diferença (ou semelhanças) entre as categorias e tags do WordPress? Você não está sozinho. Claro que você quer organizar o conteúdo de seu site da maneira mais eficaz possível para os seus leitores e visitantes serem capazes de encontrar facilmente o que estão procurando. Mas você também quer ter a certeza de que seu site é amigável para os mecanismos de busca, de modo que as pessoas possam encontrar o seu site bem posicionado.

Então, qual é a diferença entre categorias e tags do WordPress? Depende inteiramente se você está perguntando para postar ou para fins de SEO. Vamos começar com uma visão geral

Categorias

Designação da categoria é uma grande ferramenta para separar seus posts em vários temas para ter uma boa organização de seu conteúdo, de modo que seu usuário possa ter acesso a artigos apenas da categoria desejada por ele.

Para fins educacionais, neste post vamos imaginar que estamos criando um site/blog em WordPress que falará de cinema, mais precisamente que fará resenha de filmes.

Num site como este, resolvemos criar categorias para separa os filmes por estilo: Ação, Terror, Drama, Romance, Ficção Científica, Comédia, Infantil, Suspense, etc. Com tais categorias definidas, temos uma separação bem interessante para os filmes. Sim, um filme pode se encaixar em vários estilos, mas o ideal é definirmos apenas 1. Com isso, além de evitar duplicação do conteúdo em várias categorias diferentes, o usuário que navegar pelo seu site não terá a impressao de desorganização que poderia ter ao visitar 3 categorias diferentes e ver que o post mais novo das 3 é exatamente o mesmo, o que seria bem frustrante.

Um filme contém muito mais variáveis além do estilo. Contém seus atores, diretores, ano que foi lançado, entre outras. Não faria sentido termos mais estas categorias, e é justamente aqui que entram as tags.

Tags

Tags são os detalhes menores, mas não menos importantes, para dar ao usuário outras informações sobre o conteúdo e reunir todas as informações deste tipo em algum lugar que facilite a navegação dos usuários. Se as categorias são as pastas, as tags são as subpastas.

Usando novamente o exemplo do site de filmes, digamos que chegou a hora de cadastrar o filme Matrix Reloaded.

Além da resenha sobre o filme, deveremos destacar quais foram os atores principais do filme, diretores, ano de lançamento, etc, pois além de serem informações relevantes para o leitor poderemos usar tags para fornecer um caminho interessantes para o usuário que quer ver apenas os posts relacionados ao ator principal ou diretor do filme. Portanto, na criação de nossa postagem, além de citar tais pessoas no conteúdo da matéria e colocar tal post na categoria Ficção Científica, seria de total relevância utilizar as tags: Keanu Reeves, Andy Wachowsky, Larry Wachowsky, Carrie-Anne Moss,Laurence Fishburne, Hugo Weaving, para destacar os diretores e elenco principal do filme

Tags

E o SEO nessa história ?

Os spiders de busca indexam páginas de tags ou de categorias da mesma maneira, chegando a estas páginas através dos links exibidos em seu site ou através de links criados para tais páginas. Por isso, qualquer afirmaçao do tipo “O Google indexa melhor as tags do que as categorias” pode ser consideradas falsas e sem sentido. Simplesmente categorizar ou taguear seus posts não garante melhoras no posicionamento na busca, mas sim uma otimização na arquitetura do seu site e na navegação do robô de busca e também do usuário. Organização sempre !

A maior razão para usar as categorias e tags é dar a seus usuários uma outra maneira de navegar através de seu conteúdo e de forma mais simples encontrar o que procura. Lembre-se, SEO é apenas uma coisa que você deve ter em mente, a usabilidade de seu site também é super importante para o visitante, e é ele quem vai ler seus posts, recomendá-los, efetuar a conversão desejada . Com o correto uso de tags e categorias você pode fornecer uma maneira simples e eficaz para seus leitores filtrarem as matérias em seu site e encontrarem exatamente o que estão procurando !

Então, devo deixar o buscador indexar as tags E as categorias ?

Se você está fazendo um uso planejado, como no exemplo acima, não vejo problemas em se deixar indexas as duas coisas. Entretanto, se você não está fazendo um uso correto e planejado, o ideal é deixar os mecanismos de buscar indexarem o conteúdo OU através das categorias OU das tags, mas NÃO os dois, pois não desejamos duplicação de conteúdo nos nossos sites, certo? Lembre-se de bloquear o que não desejar no arquivo robots.txt e também não incluir tais caminhos no sitemap.xml, além de configurar seu plugin de SEO para colocar a metatag noindex nas páginas indesejadas e ter a metatag canonical para deixar bem claro qual é a url original do post (para o caso do buscador chegar a este post por algum outro caminho, como arquivo, tag, etc).

Prefiro sempre permitir a indexação através das categorias e não das tags, já que as categorias refletem o assunto principal do site e as tags são usadas com foco maior na navegação do usuário. Entretanto, com o uso planejado que utilizamos ao criar este site, deixamos os dois são indexados. No caso de trabalho para terceiros, procuro orientar os redatores a seguirem este post.

De qualquer modo, as ferramentas de taxonomias como Categorias e Tags são uma excelente forma de otimizar seu conteúdo. A questão de como usar bem as categorias e tags pode parecer complicada, mas a resposta final deste post é bem simples. Mantenha seu conteúdo organizado de uma maneira de fácil compreensão e navegação, mas tenha em mente que seu conteúdo vai falar mais alto do que todo o resto. Mas, se voce quer ter bons resultados em SEO é sempre importante pensar na organização de seu conteúdo, na arquitetura de seu site e, em seguida, dar aos seus leitores uma maneira fácil de encontrar o conteúdo desejado. Desta forma os robôs de busca também irão encontrá-los.

Resumindo, use categorias para os temas mais globais de seu site e as tags para facilitar a navegação de seus usuários, ok? Sempre pensando primeiro no usuário, pois são eles que utilizam seus sites, e não apenas nos robos e mecanismos de busca.

15 pessoas comentaram o artigo

  • Cleber comentou em 15 de março de 2016.

    Oi Guga! Até hoje só usei categorias, porém, com a sua explicação detalhada, irei me aventurar com as TAGS.

    Parabéns!

    Responder esse usuário
  • 1 2

Participe e deixe o seu comentário!

Procurando Temas?

Acesse o arquivo de Temas WordPress