Avançar para conteúdo

Tudo para WordPress

Plugins, Temas, dicas de WordPress e muito mais para você que busca informação sobre este excelente CMS!

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • RSS
Entenda com funciona Assine nosso RSS

WordPress 4.2 virá com permalinks amigáveis configurados por padrão em novas instalações

Publicado em 27/01/2015 às 15h13 por Guga Alves

O WordPress 1.0, lançado em 3 de janeiro de 2004, introduziu a ótima funcionalidade de configuração das urls dos sites, os permalinks, utilizando o módulo mod_rewrite do Apache (suportando também tal funcionalidade em outros sistemas para servidores, como o NginX. Com o passar dos anos, configurar os permalinks virou uma das primeiras configurações que todos fazem em seus sites, visando ter urls de mais fácil entendimento tanto pelos usuários quanto pelos mecanismos de busca e lhe ajudando no bom e velho SEO. Mas desde que isso foi introduzido, nunca passou por nenhuma grande alteração.

A partir do WordPress 4.2, novas instalações do WordPress virão com uma nova estrutura de permalinks como padrão, não vindo mais com urls no modelo ?p=123 como padrão. No momento da instalação, se o seu servidor estiver com o mod_rewrite habilitado, você já estará instalando o WordPress com este novo formato.

permalinks wordpress

Esta nova configuração é resultado de um ticket originalmente aberto a 7 anos atrás. Sim, muitas das sugestões são avaliadas com bastante calma, as vezes por anos, para se planejar a melhor forma de fazer sem causar impacto negativo a nenhuma instalação nova, muito menos nas antigas que atualizarem o sistema.

Ok, já conceituei bastante a matéria, mas qual será este novo modelo padrão de URLs?

Por padrão, o WordPress irá configurar a seguinte estrutura de permalinks se o mod_rewrite ou o rewrite do ngix estiver habilitado:

/%year%/%monthnum%/%day%/%postname%/

Muitos irão discutir se este é o melhor formato se pensarmos em SEO, ou dirão que este formato é bom mas apenas para sites que queiram deixar o conteúdo bem organizado por data de postagens, mas lembrem-se que a possibilidade de edição ainda existirá, e que com isso teremos o péssimo formato ?p=123 eliminado com o passar do tempo, melhorando a arquitetura de novas instalações feitas por pessoas que não pensam (mas deveriam) em uma correta arquitetura de informação e em ter URLS amigáveis.

Pode não ser a melhor opção por padrão, mas já é um avanço. Particularmente, gostei bastante de ver mais uma vez que mesmo após 7 anos, algo importante ainda estava sendo discutido, e que tal mudança possa ser melhorada mais uma vez com o passar dos anos.

E você, o que achou desta novidade? Deixa seu comentário, não seja tímido! :)

7 pessoas comentaram o artigo

    • Guga Alves comentou em 27 de janeiro de 2015.

      Pode se você redirecionar com redirect 301 as urls antigas para as novas, isso não é feito automaticamente pelo sistema.

      Responder esse usuário
  • iran comentou em 27 de janeiro de 2015.

    Quando redirecionamos a URL e excluímos a URL antiga o Google faz a remoção em quanto tempo?

    Responder esse usuário
    • Guga Alves comentou em 28 de janeiro de 2015.

      Não existe uma resposta exata pra sua pergunta, a melhor resposta é “depende”. Depende de que site é.
      O Google não visita todos os sites todos os dias, ele vai fazer isso quando resolver revisitar aquela URL antiga, e ver que ela mudou.

      Responder esse usuário
    • Jofran Lirio comentou em 28 de janeiro de 2015.

      O ideal é você ir no google webmaster tools e pedir a remoção do URL do cache do google. É bom também revisar o sitemap para ver se a página ainda aparece por lá.

      Responder esse usuário
      • Guga Alves comentou em 28 de janeiro de 2015.

        Se você faz o redirecionamento 301, não precisa remover Jofran, assim você continua aparecendo nos resultados de busca e a pessoa é direcionada pro endereço correto.
        Se você remover, você vai ter que esperar a página nova ser indexada e nem sempre ela ocupará a mesma posição que a anterior, então isso pode ser ruim.

        Responder esse usuário
  • Marcos comentou em 11 de junho de 2015.

    Parabéns pelo post. Muito interessante mesmo. É bom ter uma atenção balanceada a diversos fatores de SEO e não simplesmente ficar focado em apenas um ou dois aspectos. Eu sinceramente não conhecia algumas das técnicas abordadas e confesso que já as adotei.
    Parabéns.

    Responder esse usuário

Participe e deixe o seu comentário!

Procurando Temas?

Acesse o arquivo de Temas WordPress