Instalando e usando o WordPress

O WordPress é um sistema de gerenciamento de blog gratuito, feito em PHP. Um blog nada mais é do que um site, porém, num formato especial e com administração facilitada: qualquer pessoa pode publicar coisas, sem precisar saber programação. As postagens mais recentes aparecem na página inicial, e as outras vão sendo arquivadas (geralmente em arquivos mensais ou semanais, dependendo da freqüência de atualização), além de poderem ser categorizadas.

Um blog serve para muito mais do que um site pessoal, conceito que o introduziu. Pode ser usado como gerenciador de um site de notícias, ou mesmo dicas e tutoriais. O WordPress ainda permite criar páginas fixas, podendo gerenciar um “site” um pouco mais tradicional, sem deixar de oferecer recursos de blog.

Existem vários sites que fornecem esse serviço, mas o WordPress vai um pouco além de um “serviço”. Ele é uma “aplicação web”, que pode ser instalada num servidor qualquer ou mesmo localmente – sem depender de serviços gratuitos ou “favores” na web. O “provedor” do blog acaba sendo seu próprio site, sem ligação com o Blogger, Weblogger, Blig ou o que quer que seja.

O produtor do WordPress mantém um serviço de hospedagem gratuita, no WordPress.com. Qualquer um pode se cadastrar e usar a hospedagem com o sistema “pronto”. Mas para um blog mais livre, o melhor é arrumar um servidor de hospedagem paga, comprar um domínio e usar o sistema do WordPress independente do serviço.

Boa parte dos sistemas gerenciadores de conteúdo (CMS) vêm com um “instalador”. Você precisa carregar as páginas para seu servidor, acessar uma página de configuração e em poucos minutos o sistema está no ar. Com o WordPress, não é diferente.

Para começar, você precisa ter um servidor web com suporte a PHP e um servidor de banco de dados, geralmente o MySQL. Você pode até instalar um servidor no seu computador, e acessar seu site localmente, sem depender de empresas de hospedagem. Mas isso será assunto para o próximo tutorial lançado aqui (podem me cobrar isso).

Se seu computador estiver em rede, ele poderá ser acessado inclusive pelos outros micros na rede, ou até mesmo na Internet (acessando o IP do seu computador). O ideal de usar localmente é para testar. Veremos como instalar o WordPress, configurá-lo e usar alguns recursos. Os procedimentos para instalação local são basicamente os mesmos para um servidor web. O que muda um pouco é a criação do banco de dados, que localmente você pode fazer com o console do MySQL; já num servidor “alugado” ou “compartilhado” você deve fazer acessando uma página própria para isso, usando a interface fornecida pelo provedor.

21 Comments

  1. Já registrei meu blog: http://wwwmeulampejo.wordpress.com
    Como escolher e aplicar o template?
    Como iniciar as postagens? Posso colocar uma imahem que eu queira?

  2. Quando crio uma categoria e uma sub categoria, gostaria que a sub categoria aparecesse somente quando clikasse na categoria… Ex.:
    Fotos(categoria)
    Fotos 2011(sub categoria)

    Na cara do blog gpstaria que aparecesse somente a categoria Fotos e quando uma pessoa clikar em fotos aparecesse a sub categoria Fotos 2011 eassimk sucessivamente…
    COMO FAÇO??

  3. Guga, seu tutorial está excelente. Instalei em meu servidor e tudo funcionou. Estou com uma dúvida, como trocar o idioma, do inglês para o português?
    Obrigado,

  4. Possuo um site que trata de assuntos como televisão e artistas famosos que será transformado em WordPress, por um simples fato, sua facilidade de uso. Em minha curta experiência com WP pude perceber que suas funcionalidades são incríveis, além de uma plataforma de gerenciamento dinâmica e intuitiva.
    Agradeço ao Guga por manter este site atualizado, com as melhores dicas de WordPress!

  5. Eu fiz tudo direitinho,mas quando chegou no step 2, Tenho que optar por Plano de pagamento, sendo que minha opção antes foi pelo o free. Não entendi! E como eu não tenho muita paciência , desisti. :-) pode ser que um dia eu tente novamente. Obrigada!

  6. Post ajudou bastante!!

Deixe uma resposta