WordPress 3.0 RC1

Lançada na noite deste dia 27 de maio de 2010 a versão RC1 do WordPress 3.0, noite também em que nosso querido CMS completa 7 anos de vida !

Para quem não sabe, as versões RC (Release Candidate) são liberadas no final da fase beta, significando que o lançamento final está muito próximo e que restam pouquíssimos problemas para serem corrigidos.

Neste RC1, todas as características da nova versão estão presentes e todos os bugs e problemas em potencial já estão esmiuçados.

Com tudo isso, use a versão RC1 apenas para testes, ok ?

Algumas coisas a saber:

  • Os menus personalizados estão prontos !
  • Funções Multi-site totalmente prontas !
  • O olhar do admin do WordPress foi atenuado um pouco, assim você pode se concentrar mais em seu conteúdo.
  • Há uma tonelada de mudanças, assim os autores de plugin deverão aproveitar esta versão para testar seus plugins desenvolvidos para que se houver um problema de compatibilidade, seja possível  descobrir isso antes do lançamento final.
  • Usuários também são encorajados a testar as coisas. Se você encontrar problemas, deixe o autor de seu plugin / tema saber para que possam descobrir a causa.
  • Alguns poucos bugs restando

Download: WP 3.0 RC1

Fonte: WordPress Blog >> WordPress 3.0 Release Candidate

Compartilhe o artigo com um colega!
Imagem padrão
Guga Alves
Analista de Sistemas, Pós graduado em Marketing Digital e idealizador dos sites Tudo Para WordPress e Remotamente. Possuo sólidos conhecimento de SEO, já trabalhei no maior projeto feito com WordPress no mundo, o WordPress.com e palestrei em diversos eventos como Campus Party e WordCamp Porto Alegre, São Paulo, Florianópolis, Fortaleza e Belo Horizonte. Organizador do WordCamp Rio de Janeiro 2014 e 2015.
Artigos: 274

3 comentários

  1. Respondendo ao Ely: esse tipo de atualização geralmente demora um pouquinho(de dias a semanas) para ser disponibilizada para o pessoal do WordPress.com porque o povo da Automattic é bastante estrito na questão de segurança, então eles costumam esperar para ver se alguma vulnerabilidade emerge antes de atualizar o código deles…

Deixe uma resposta