8 Razões do porque seu conteúdo não atrai links

Todos nós já ouvimos vez ou outra que ‘para atrair links, você precisa construir conteúdo de ótima qualidade’, e esta é sempre a meta do TudoParaWordPress. Entretanto, poucos falam sobre como um conteúdo de qualidade se parece, pois ele pode vir de muitas formas diferentes.
Neste post, abordaremos o oposto e veremos algumas razões do porque seu conteúdo pode não estar atraindo links.
atraindo links

Títulos Ruins

Um título ruim normalmente é a primeira barreira para atrair links. Um bom título chama a atenção do público e os faz querer clicar na matéria e aprender mais.
Sem um bom título, a maioria dos usuários não terá vontade de efetuar tal clique.
Um bom título pode, de cara, definir o tom que o conteúdo irá seguir e definir que tipo de links você irá atrair. Por exemplo, se você está olhando para o universo de Calçados e pretende que palavras-chave como ‘Calçados’ ou ‘tênis’ sejam usados nos backlinks, o ideal é incluí-los em seu título e deixar bem claro que o assunto é relativo a este nicho e exatamente o que ele aborda.

Design Ruim

Páginas que tem um design ruim e má experiência de uso pelo usuário atraem menos links, pois normalmente as pessoas só criam links para sites que passam alguma autenticidade, autoridade e confiança.
Projetos ruins podem destruir tal confiança do usuário, portanto fique bem atento as tendências de design e usabilidade para criar uma boa experiência para o usuário e ter um potencial maior no estabelecimento de relações através de links. Palavras de quem já teve um site bem feio. Quem acompanha o Tudo Para WordPress desde o começo deve se lembrar do layout azul que já foi utilizado aqui e alterado depois de uma série de estudos de nosso histórico no Analytics, heatmaps e conversas com nosso designer, o @CristianoWeb.

Quem acompanha o grupo de SEO no Facebook irá se lembrar do “lindo site” de empregos que foi postado por lá esta semana justamente falando deste tema, vide imagem abaixo.
exemplo de design ruim

Sem ‘Iscas’

Como você atrai um peixe para seu anzol? Usando uma isca!
Você pode usar iscas para atrair mais links e tal técnica é conhecida como Link Bait no universo do SEO.
Um isca é algo que grande parte dos leitores possam ter interesse e os leve a compartilhar tal conteúdo com sua audiência. Você pode falar de uma nova idéia, tomar uma posição controversa, contar uma boa história, criar infográficos, top 10, ou usar boas referências para atrair tais links (ou vocês acham que o link para o artigo do @frankmarcel na MestreSeo utilizado anteriormente não foi também pensando nisso, além de prover maiores detalhes sobre este item?)

Muito longo

Vivemos no mundo da informação rápida, SMS’s e tweets de 140 caracteres, e com isso podemos ver que a atenção dos usuários a um conteúdo muito extenso está diminuindo e consequentemente atraindo menos links.
Obviamente, se o conteúdo está bem organizado e bem redigido ele poderá manter a atração, mas é preciso bastante cuidado na organização do conteúdo para não diminuir tal potencial.
Se você tem pouco a dizer, evite ser prolixo e vá direto ao ponto :)

Sem atratividade social

Você precisa direcionar tráfego para seu conteúdo se quer atrair links, pois apenas ter um bom conteúdo mas ele ser pouco difundido não irá lhe trazer o resultado esperado. Você precisa ter certeza de que o conteúdo criado está com o timing certo, que as pessoas estão querendo esse tipo de informação neste momento, e atrair formadores de opinião e pessoas com boa audiência para atingir seu objetivo, portanto o uso de mídias sociais e um conteúdo atrativo em seu todo é essencial para atingir o sucesso, caso contrário seu ótimo conteúdo será “invisível”.

Atratividade Social

Sem voz própria

Apenas traduzir conteúdo alheio e não emitir sua própria opinião pode deixar claro que você apenas distribui conteúdo e tem boas fontes, mas não tem uma opinião que mereça ser olhada com atenção.
Este mesmo autor que vos fala faz questão de deixar claro que este artigo foi inspirado em outro (como pode ser visto na citação da fonte ao final do artigo), mas o conteúdo aqui postado possui grande diferença nas opiniões escritas, usando o título e tópicos do artigo lido, o referenciando, mas deixando claro seu modo de pensar e adicionando ainda mais informação a matéria. Você pode se inspirar nos outros, mas sem roubar seu conteúdo explicitamente (afinal, lembre-se que obras intelectuais tem seus direitos, ou você não viu a palestra do @pelati no Search Masters Brasil?)

Assunto Ruim

Escolher falar de algo que possui pouca relevância para os usuários de seu nicho irá atrais poucos usuários.
Vejamos um exemplo: você acha que atrairemos mais links falando de Big Bang Theory para usuários do nicho tecnológico ou falando de Smallville?
Saiba escolher assuntos que as pessoas realmente estão interessadas. Você pode usar ferramentas como Google Insights ou o Google Adwords Keyword Planner para ver o que tem um volume de busca e sazonalidade de tais termos.

Falta de engajamento

Entitular seu texto de forma que ele mostra como solucionar um problema pode engajar mais os usuários, pois a busca de informação é muito focada em resolver dúvidas que tais pessoas tem. O título desta postagem pode ser um bom exemplo disso, pois deixa claro quantos itens você pode verificar para resolver seu problema. Falar sobre você ou sua empresa não resolve o problema das pessoas, portanto vá direto ao ponto e deixe claro qual problema sua matéria está disposta a resolver.

Como falei anteriormente, este artigo foi inspirado no artigo de Joe Hall no site CopyPress.com, em que ele cita 10 razões. Sugiro que você leia a postagem que me inspirou a escrever esta e veja as 2 outras razões que não tive tempo de listar por aqui, mas que não são menos importantes.

Você adicionaria mais alguma razão? Tem alguma experiência nesta área que gostaria de compartilhar? Os comentários estão aqui pra isso, e usar um ‘call-to-action’ no final foi sim pensado para lhe atrair mais a compartilhar suas idéias e aumentar o potencial viral desta postagem!

Compartilhe o artigo com um colega!
Imagem padrão
Guga Alves
Analista de Sistemas, Pós graduado em Marketing Digital e idealizador dos sites Tudo Para WordPress e Remotamente. Possuo sólidos conhecimento de SEO, já trabalhei no maior projeto feito com WordPress no mundo, o WordPress.com e palestrei em diversos eventos como Campus Party e WordCamp Porto Alegre, São Paulo, Florianópolis, Fortaleza e Belo Horizonte. Organizador do WordCamp Rio de Janeiro 2014 e 2015.
Artigos: 274

19 comentários

  1. Olá Guga!

    Você disse que textos muito longos acabam por sendo de pouco interesse para o leitor e rendem menos links.

    Como saber o tamanho ideal? Em nosso site, penso por volta de uma página do word ou br. office. Isto faz algum sentido?

    • Na verdade não tem um tamanho ideal Felipe, vai muito de acordo com a postagem em questão.
      Este post mesmo pode servir de exemplo, pois ficou grande mas com o título que foi utilizado, o usuário que o visitar já imagina que não seja algo pequeno porque a quantidade de razões exposta está descrita no titulo e não é um número tão baixo. Para organizar melhor o texto, utilizamos imagens, subtítulos e listas (se necessário) para não deixar a leitura cansativa e desinteressante.
      O ideal é não ser prolixo e não escrever de modo que pareça que você está enrolando e pensando apenas no robô, mantendo a atenção do usuário para chegar até o final do texto.

  2. O que mais me surpreendeu.deu nesse artigo foi a sua descrição no fim kkk. Não sabia que Vc era tão gabarito rs.
    Das suas dicas, uma que eu aplique recentemente e tive um ótimo resultado foi melhorar o visual do site. Ele já tinha um bom número de visitas mas ainda mantinha aquele visual padrão de do eh instalado o wordpress. Eu vinha enrolado há tempos pq ligava mais pro pra qualidade textual e como não manjo de design, n queria pagar alguém kkk.Do resolvi me surpreendeu q o número de visitas das redes sociais e de curtidas na fanpage aumentou significativamente.

    • É Pablo, com alguns anos de mercado a descrição vai ficando bem grande, mas irei a resumir mais :)
      Legal ver mais um relato sobre isso pois passei exatamente o mesmo aqui no TudoParaWordPress, um novo design foi fundamental para passar mais profissionalismo e atender a usabilidade esperada pelo nicho de usuários deste site :)

  3. Curti, a questao dod esign com certeza é de grande importancia, e um texto que emita uma opiniao tambem, na verdade, para ser linkado, seu texto tem que despertar a vontade do usuario compartilhá-lo e isso so vem com muita qualidade no mesmo =)

  4. No tópico “Sem voz própria” você abordou uma questão muito interessante. Acredito que por mais que o assunto seja de qualidade, seja uma isca: seja um guia, um top 10, etc, devemos por uma opinião própria, mostrar que por trás do artigo existe um ser, isso cativa as pessoas e a possibilidade delas lhe linkarem são maiores.

    Gostei do call-to-action srsr. muito bom, parabéns pelo post!

  5. Ótima abordagem. Destaco os pontos relacionados a formatação do texto e a atratividade social. O desafio é ser relevante, apresentar um conteúdo único que consiga manter o usuário engajado na leitura.

    Temos ótimos conteúdos em “embalagens” que não geram conversões, no caso em questão “links”.

  6. Olá Guga eu achei boa a sua versão desse artigo, particularmente eu acho que atualmente ser lincado por alguém esta cada dia mais difícil por causa da alta concorrência que existe na web.

    Agora eu quero fazer dois reparos nesse post o primeiro é sobre o tópico “Design Ruim” eu acredito que na verdade não existe Design Ruim, o que tem é sites com um Design que eu acho muito bonito os outros acham razoável e você acha muito feio, sendo assim que define se um Design é bom ou ruim é o conceito de beleza de cada um.

    Outra coisa faltou você falar no artigo é que outra coisa que um site precisa para ser lincado é carregar rápido, pois afinal de contas ninguém tem interesse de linkar para um site que leva uma montanha de segundos para carregar, tirando isso esse artigo está ótimo.

    Um abraço e continue o bom trabalho.

    • Entendo a observação sobre o design ruim.. realmente beleza é uma questão bem relativa, mas nem tanto. Por exemplo, acho que é de senso comum que o Tião Macalé era feio, portanto algumas vezes é sim possível afirmar que algo é realmente ruim para todos, ou pelo menos quase todos.
      Lembre-se também que nesse ponto devemos lembrar também de Usabilidade.

      • A preocupação aqui é conseguir link para o site, eu por exemplo não coloco um link de um site nas minhas postagens que seja lento e desorganizado. É como uma mulher, que usando de forma correta uma boa maquiagem todos a admiram, mas se exagerar, todos a criticam. Com os sites é a mesma coisa. Precisamos ficar atento com uma facilidade para o leitor encontrar os assuntos interessados, eu por exemplo, procuro agradar ao visual primeiro, chamo a atenção para as imagens e depois para o título, não uso animações por que penso que tira o foco do assunto. Eu sei que ainda tenho muito a melhorar, mas estou gostado dos resultados apesar de ser um iniciante.
        Abraços!

  7. São dicas sempre válidas.

    Devemos lê-las com atenção e absorver o máximo de informações necessárias, para obter rendimento com o blog.

    Lerei depois o post que o inspirou.

    Sucesso!

  8. Design é fundamental em um site/blog é a peça inicial para a atração mental, depois seguido do título do que está buscando, tem que chamar atenção, depois por fim o conteúdo, limpo, claro e objetivo sem enrolação, com batante informação mas direto ao ponto o resto é questão de tempo, o artigo é muito bom!

Deixe uma resposta